Matérias em Destaque

25 Importantes táticas de marketing.

Ver Matéria

Áreas contaminadas

Ver Matéria

Como vender bem seu peixe.

Ver Matéria

Comunicação Visual para atrair e fidelizar clientes do Posto

Ver Matéria

Cuidados que você deve tomar na hora de comprar ou alugar um posto.

Ver Matéria

Diesel S50. Vale a pena investir?

Ver Matéria

Evite os erros que algumas grandes redes cometeram com suas franquias.

Ver Matéria

Logística reversa de embalagens de Lubrificantes

Ver Matéria

Lojas de conveniência aquecem o mercado de franquias.

Ver Matéria

Mistura de etanol na gasolina aumenta de 20% para 25% .

Ver Matéria

Montadoras desaprovam aumento de etanol anidro na gasolina nacional.

Ver Matéria

Negócios para abrir em Postos de Gasolina ? Franquias

Ver Matéria

Nova distribuidora de combustíveis no Rio Grande do Sul.

Ver Matéria

O abre e fecha, fecha e abre de alguns postos envolvidos com adulteração de produtos.

Ver Matéria

Óleo certo orienta consumidor na hora da troca

Ver Matéria

Postos já vendem nova gasolina S-50, 94% menos poluente

Ver Matéria

Troca de óleo: Dicas e dúvidas mais frequentes.

Ver Matéria

Entenda qual o momento certo para dar início a um negócio.

Home > Conveniência > Dicas importantes para para o seu negócio. > Entenda qual o momento certo para dar início a um negócio.

 
Nem todo mundo tem perfil de empreendedor. E mesmo quem nasceu para isso precisa conhecer os prós e contras da prática antes de abrir o seu próprio negócio. Segundo Dalton Viesti, coordenador de graduação da Trevisan Escola de Negócios, de São Paulo, quem optar por empreender tem que ao menos ler um livro sobre o assunto e entender o que é essa carreira na prática. O segundo passo é buscar um mercado em que já possua algum know-how e analisar as possibilidades que esse setor dispõe para novas empresas. 

"O que é básico e todo o empreendedor deve saber é: nunca entre em um negócio sem conhecimento nenhum", alerta o professor. Apostar em algo com zero de know-how torna o risco maior. "Até quem está há muitos anos em um setor admite que ainda tem muito a aprender", diz. 

Perfil empreendedor

Segundo Dalton, o momento certo para empreender é quando a pessoa já se considera madura e está segura de que tem perfil para essa carreira. O professor argumenta que algumas pessoas têm uma visão "romântica" sobre empreender e não conseguem enxergar a carga de maturidade e responsabilidade que a prática exige. "Uma coisa é a vontade de ter um negócio. Outra é a capacidade, a maturidade, para gerir esse empreendimento", esclarece Dalton. "Se sou taxista e ganho R$ 100 em uma corrida, tenho que saber que parte desse dinheiro vai para os impostos, para a manutenção do veículo, para o combustível, ou seja, para a gestão do meu negócio", exemplifica. 

O professor ainda alerta para o risco de utilizar o empreendedorismo como uma válvula de escape para os seus problemas profissionais. "Em uma situação de demissão, por exemplo, a pessoa pode acreditar que uma saída é usar a indenização para investir em um negócio próprio. Se o perfil dele não for de empreendedor, possivelmente não terá sucesso na carreira ou, assim que receber uma proposta de emprego, ele vai deixar tudo para voltar a ser funcionário", alerta. Nesse caso, o ideal é não agir por impulso. "É melhor refletir do que gastar o dinheiro que poderia ser garantia para os meses em que essa pessoa busca um novo emprego", orienta Dalton. 
 


O mercado

Para o especialista, não existe um momento certo em que uma carreira pode ser deixada para trás. Segundo Dalton, o profissional pode até estar em uma boa posição hierárquica, com um bom salário e estabilizado, mas, se seu desejo e vocação for para o empreendedorismo, ele deve tentar. Mas, antes de arriscar tudo em um mercado, ele precisa fazer uma análise de qual será a receptividade do nicho para o serviço ou produto que deseja oferecer. 

"Não adianta entender do mercado se o setor não tiver espaço para o que ele deseja oferecer", explica o professor. Por isso, é importante fazer uma boa pesquisa antes. Ou seja, sondar quem seriam seus concorrentes, entender o público-alvo e suas necessidades, fazer os cálculos de quanto o negócio custa e quanto pode render. "Uma ideia pode ser ótima na cabeça, mas, ainda no papel pode apresentar problemas de aplicação e custos", orienta Dalton. 

Investimento

Se a proposta do negócio precisa de um investimento externo, o empreendedor também deve buscar este aporte antes de colocar a ideia em prática. Deixar a procura por investidor para mais tarde é um risco alto. 

Já o empreendedor que vai investir do próprio bolso, precisa ter em mente que o negócio deve custar a metade do montante que possui. "A outra metade tem que estar guardada para eventuais dificuldades que não estão no planejamento", afirma o professor. 

Quando lançar o negócio no mercado

Aproveitar um período de sazonalidade que o mercado escolhido oferece pode ser uma boa oportunidade para começar o negócio com mais força. Mas, de acordo com Dalton, o empreendedor tem que tomar certos cuidados com esse tipo de estratégia. Ela, normalmente, tem mais sucesso com marcas que já são consolidadas, como as franquias. 

Segundo o professor, para lançar uma nova marca, o ideal é abrir o negócio antes do período de grande movimento. Assim, nos picos de sazonalidade, o empreendimento já será conhecido dos consumidores que procuram o produto ou o serviço que ele oferece.

Buscar Matérias

Por palavra-chave:

Na categoria:

Destaque Classificados

Anuncie aqui
Venda: R$ 0,00
Estado: XX
Cidade: XXX
Área: XXX
Quer ser visto?
Detalhes
POSTOSECONVENIENCIA@GMAIL.COM
- ANUNCIE - LINKS ÚTEIS - MAPA DO SITE - POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Copyright © 2017 - Postos e Conveniência
Desenvolvido por RHS Teleinfo

PARCEIROS TOP