Matérias em Destaque

25 Importantes táticas de marketing.

Ver Matéria

Áreas contaminadas

Ver Matéria

Como vender bem seu peixe.

Ver Matéria

Comunicação Visual para atrair e fidelizar clientes do Posto

Ver Matéria

Cuidados que você deve tomar na hora de comprar ou alugar um posto.

Ver Matéria

Diesel S50. Vale a pena investir?

Ver Matéria

Evite os erros que algumas grandes redes cometeram com suas franquias.

Ver Matéria

Logística reversa de embalagens de Lubrificantes

Ver Matéria

Lojas de conveniência aquecem o mercado de franquias.

Ver Matéria

Mistura de etanol na gasolina aumenta de 20% para 25% .

Ver Matéria

Montadoras desaprovam aumento de etanol anidro na gasolina nacional.

Ver Matéria

Negócios para abrir em Postos de Gasolina ? Franquias

Ver Matéria

Nova distribuidora de combustíveis no Rio Grande do Sul.

Ver Matéria

O abre e fecha, fecha e abre de alguns postos envolvidos com adulteração de produtos.

Ver Matéria

Óleo certo orienta consumidor na hora da troca

Ver Matéria

Postos já vendem nova gasolina S-50, 94% menos poluente

Ver Matéria

Troca de óleo: Dicas e dúvidas mais frequentes.

Ver Matéria

Uma boa loja de conveniência aumenta as vendas dos postos de combustíveis.

Home > Conveniência > Lojas de conveniência. > Uma boa loja de conveniência aumenta as vendas dos postos de combustíveis.

Uma loja de conveniência ou restaurante/lanchonete de qualidade e com bons preços fideliza o cliente e gera mais negócios para os postos de combustíveis nas cidades e nas estradas brasileiras. As melhores avaliações vêm justamente dos consumidores que costumam frequentar as lojas de conveniência, sendo que estes lavam mais os seus veículos nos postos (51% para os que frequentam versus 33% para os que não frequentam as lojas de conveniência) e fazem mais troca de lubrificantes (45% versus 30%). Além disso, os consumidores estão aderindo cada vez mais aos programas de fidelidade, um reforço importante para o aumento das vendas.
 
Essas são algumas das revelações do novo Estudo de Postos de Combustíveis, finalizado em janeiro de 2015, e que ouviu 5.234 consumidores em todo o país. Para Sandro Cimatti, sócio-diretor da CVA Solutions – empresa de pesquisa de mercado e consultoria – o setor deve ver a loja de conveniência, frequentada por 48,2% dos usuários dos postos, como um gerador de negócios.
 
“A loja de conveniência ajuda na relação com o cliente e na venda de outros produtos. Mas é preciso qualidade e preços competitivos, porque a insatisfação com esse serviço contamina negativamente a avaliação do consumidor em relação aos outros serviços e produtos oferecidos pelo posto”, destaca Sandro Cimatti.
 
Segundo ele, é o que acontece, por exemplo, com a Shell. “Em geral o consumidor que frequenta a loja de conveniência avalia melhor o posto de combustível do que aquele que não frequenta. A única exceção é a Shell, que oferece ótimas instalações, mas preços considerados altos nas lojas de conveniência, fazendo que quem frequenta a loja de conveniência avalie o posto pior do que quem não frequenta a loja”, avalia Sandro Cimatti.
 
Outra revelação do estudo é a boa adesão aos programas de fidelidade. Quase 40% dos consumidores ouvidos utilizam esse benefício, sendo o programa “Km de Vantagens” da rede Ipiranga o de maior destaque.  Mais de 60% dos pesquisados que vão ao posto Ipiranga usam o programa, que oferece entre suas promoções descontos na compra do Seguro Auto Itaú estabelecendo ganho recíproco para ambas as marcas.
 
Foram citados no estudo os postos/bandeiras Agip, Ale, Bandeira Branca, Big Hipermercado, BR Petrobras, Carrefour Hipermercado, Extra Hipermercado, Ipiranga, Latina, Sams Club, Shell e Walmart Hipermercado.
 
O estudo da CVA tem por objetivo entender a estrutura de Valor Percebido (custo-benefício percebido) no mercado, a partir do ponto de vista do consumidor. Além de medir a posição competitiva dos principais varejistas e diagnosticar possibilidades de criação de vantagem competitiva sustentável.
 
Nota boa entre 41 setores da economia
 
Os Postos de Combustíveis têm nota 7,36 (em uma escala de 1 a 10), ocupando a 28ª posição entre os 41 setores pesquisados pela CVA Solutions. O Valor Percebido para os setores pesquisados se baseia na nota de custo-benefício percebido e tem como melhor segmento o de Microondas (nota 8,87) e como pior Operadora de Telefonia Celular (nota 5,88).
 
Valor Percebido
 
O melhor Valor Percebido (custo-benefício percebido pelos clientes) foi atribuído aos postos Bandeira Branca (postos que trabalham com combustível de várias bandeiras) com 1,11. Em segundo lugar aparece a Ale com 1,03 e, em terceiro, a Shell com 1,00, seguida de BR Petrobras e Ipiranga.
 
Além de abastecer o veículo, os serviços mais utilizados nos postos de combustíveis são a calibragem dos pneus 83,8%; loja de conveniência 48,2%; lavagem dos vidros 47,2%; lavagem do carro 41,7%; e troca de óleo 37,1%. As lojas de conveniência têm utilização praticamente igual na BR Petrobras (54,7%) e na Ipiranga (54,5%). As lojas da Shell tem menor utilização (44,2% dos consumidores da marca).
 
Força da Marca
 
A maior Força da Marca (a atração menos rejeição perante clientes e não clientes) é da BR Petrobras, com 28,5%. A Ipiranga vem em segundo lugar com 27,8%, a Shell em terceiro, com 19,2% e o Carrefour Hipermercado na quarta posição, com 0,5%. “A BR Petrobras é a marca líder no país. Lidera em todas regiões, exceto na região Sul onde a Ipiranga é líder”, destaca o sócio-diretor da CVA Solutions.
 
Comportamento nas estradas
 
Mais de 80% dos entrevistados param nos postos de combustíveis durante suas viagens. O estudo indagou quais são os principais atributos que ajudam na decisão de utilizar um posto de estrada e em primeiro lugar aparece “a marca/bandeira do posto” (68%). Um “bom restaurante” fica na segunda posição (59%); “bom serviço de sanitários” em terceiro (54%); seguido de “segurança do posto” (48%). 
 
Os postos preferidos nas viagens são BR Petrobras (66%), Ipiranga (55%), Shell (49%) e Ale (3%). As marcas de restaurantes e lanchonetes preferidas nos postos são BR Mania (42%), Graal (36%), AM/PM (35%) e (16%). “As marcas dos restaurantes dos postos atraem os consumidores nas estradas ajudando a aumentar as vendas com combustíveis e serviços”, afirma Sandro Cimatti.
 
Recomendação
 
Na questão sobre recomendação do posto (Net Recommendation Score), a Bandeira Branca se destaca com 39%, seguida pela Shell (36%), BR Petrobrás (32%) e Ipiranga (30%). “Os bons preços dos combustíveis levam o consumidor dos postos Bandeira Branca a recomendar a utilização do posto”, observa Cimatti.
 

Buscar Matérias

Por palavra-chave:

Na categoria:

Destaque Classificados

Anuncie aqui
Venda: R$ 0,00
Estado: XX
Cidade: XXX
Área: XXX
Quer ser visto?
Detalhes
POSTOSECONVENIENCIA@GMAIL.COM
- ANUNCIE - LINKS ÚTEIS - MAPA DO SITE - POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Copyright © 2017 - Postos e Conveniência
Desenvolvido por

PARCEIROS TOP